sexta-feira, 13 de novembro de 2009

Bem Resolvida?

Oi Pessoas,

Aconteceu tanta coisa que nem sei por onde começar...talvez por explicar o porque do meu sumiço.
Acontece que o nome do blog é Bem Resolvida e nos últimos meses achei que seria hipocrisia escrever em um blog com esse nome pois estava (estou mais ou menos ainda) me sentindo mau resolvida. Acontece que fiquei doente, meu cérebro ficou sentindo falta de serotonina e acabei ficando com depressão...e das brabas!
não vim escrever por vários motivos, um deles é que muita gente vê a depressão como uma frescurite, uma melancolia, bobeira, fraqueza e na verdade não é nada disso, é psicológico mas também é físico, é doença. Eu mesma não entendia muito bem sobre depressão embora minha mãe sofra disso há milênios, não entendia porque muitos depressivos querem morrer e cometem suicídio ou tentam se matar (não, nunca me passou esses pensamentos pela cabeça) então fui estudando sobre o assunto, li muito mesmo e entendi que não era fraqueza minha, que era algo que estava acima da minha vontade, acima das minhas forças. Também não escrevia porque simplesmente não conseguia, não conseguiria dar atenção aos meus amigos blogueiros, enfim.
Tudo começou ainda no meu antigo emprego, antes de ser demitida, na verdade a depressão foi surgindo ali mas eu não soube perceber sua chegada, sorrateira, depois fui trabalhar temporariamente em outro lugar mas no início de junho acabei sendo dispensada porque o salário era alto pra me manter no banco de reservas da empresa, foi isso que minha chefe me disse. Ficar em casa depois de tantos anos me fez muito mal, me vi em uma rotina que eu não estava acostumada, não queria, comecei a ter sintomas fortes da depressão, me sentia imprestável, preguiçosa, cansada e com sono o tempo inteiro, um mau humor do cão, um vazio, um sofrimento que eu não identificava de onde vinha e porque pois meu sexy nerd estava (e ainda está) me fazendo muito feliz, se mudou pra cá, trocamos alianças (na mão direita, calma), tem sido um pai maravilhoso pra mini BR, tem sido o melhor companheiro possível mas ainda assim eu me sentia sozinha, completamente infeliz e vazia, não sentia mais prazer ao abraça-lo ou à minha filha, não sentia vontade de sair, de fazer nada mesmo. Como perdi o plano de saúde, que era empresarial, ele resgatou o plano transferindo para pessoa e arcando com a mensalidade, arrumou uma psicóloga e psiquiatra pra mim e lá fui eu tomar antidepressivo. Antes de aceitar esse tipo de remédio tentei homeopatia, passei 40 dias tomando um remédio que a homeopata receitou mas não estava fazendo efeito algum, nesse meio tempo minha querida amiga AFRODITE veio me visitar.
Então há quase um mês comecei com o antidepressivo e logo na primeira semana já senti os efeitos, uma diferença grotesca no meu humor, na minha atitude, na minha paciência, no meu amor...engraçado que eu tinha esquecido que essa era a "normal eu". De repente eu voltei a achar graça de tudo, rir o dia todo, me divertir, sentir prazer ao abraçar minha família...tinha muito medo de reações adversas, os famosos efeitos colaterais dos antidepressivos mas só tive dificuldade pra dormir (continua) e perdi o apetite.
Acredito que meu tratamento durará alguns meses mas nada exagerado, na internet conheci muitos depressivos que dizem tomar remédios já há mais de ano, tem gente que toma há 2, 3, 4 anos, mas vejo que não vai ser o meu caso. Uma coisa que sei que ajuda é a vontade de melhorar, o pensar positivo, vejo que a grande maioria dos depressivos carregam um negativismo quanto a sua melhora, e isso ajuda, quer dizer, atrapalha, né? É como um fumante que diz querer parar de fumar mas SABE que nunca vai conseguir...este pensamento vai se transformar em verdade e ele nunca vai parar mesmo. Assim são os depressivos, dizem que nunca serão felizes, que seus remédios nunca farão efeitos e etc...aí fica difícil melhorar pois o pensamento faz milagres em uma doença como essa e tudo que eu mais quero é voltar a ser a mulher totalmente Bem Resolvida que sempre fui.
Sinto muita falta de muitos amigos blogueiros mas esse tempo todo me senti (e ainda sinto) que não tenho condições de acompanhar vocês, embora o humor tenha voltado ao normal o outro sintoma persiste que é a inércia. Não consigo executar tarefas, até as coisas mais simples como cuidar da casa, varrer, lavar louça. sinto um tédio gigantesco simplesmente não consigo sair dele, é mais forte do que eu, não consigo dar muita atenção pra nada, mas pelo menos não sinto o vazio e infelicidade que antes sentia.
Um sintoma forte da depressão é a culpa. O depressivo se sente culpado por se encontrar neste estado e realmente eu me sentia muito culpada, principalmente por pensar que não tinha motivos para uma depressão, mesmo estando desempregada, me sentia incapaz de retribuir os carinhos e amor do sexy nerd, (a quem não chamo mais assim, agora o chamo de maridão) mas aprendi que a depressão, embora algumas pessoas tenham por motivos emocionais, nem sempre precisa deles para "atacar" alguém, basta ter a pré-disposição genética (hereditariedade, minha mãe é) e problemas no cérebro envolvendo serotonina.
Sabe o que entendi neste tempo? Que já tive depressão antes...não sei se vocês se lembram que relatei uma vez que fiquei 10 meses em casa, sem sair, sem ficar com ninguém...eu estava com depressão naquela época mas foi mais "fraca" e em mais ou menos um ano saí dela sozinha...foi quando consegui o trabalho.
Pode ser que em alguns anos eu volte a ter depressão, os médicos dizem que quem já teve depressão tem mais de 50% de chances de ter de novo, ela não tem cura mas pode desaparecer, ficar escondida bem lá no íntimo como se fosse um sentimento maléfico pronto pra ser "cuspido" em um momento de muita raiva.
Aqui, retirando de um bom site sobre depressão, coloco um pouco do que é essa doença e seus sintomas para vocês entenderem melhor:

A depressão é uma doença "do organismo como um todo", que compromete o físico, o humor e, em conseqüência, o pensamento. A Depressão altera a maneira como a pessoa vê o mundo e sente a realidade, entende as coisas, manifesta emoções, sente a disposição e o prazer com a vida. Ela afeta a forma como a pessoa se alimenta e dorme, como se sente em relação a si próprio e como pensa sobre as coisas. A Depressão é, portanto, uma doença afetiva ou do humor, não é simplesmente estar na "fossa" ou com "baixo astral" passageiro. Também não é sinal de fraqueza, de falta de pensamentos positivos ou uma condição que possa ser superada apenas pela força de vontade ou com esforço.
As pessoas com doença depressiva (estima-se que 17% das pessoas adultas sofram de uma doença depressiva em algum período da vida) não podem, simplesmente, melhorar por conta própria e através dos pensamentos positivos, conhecendo pessoas novas, viajando, passeando ou tirando férias. Sem tratamento, os sintomas podem durar semanas, meses ou anos. O tratamento adequado, entretanto, pode ajudar a maioria das pessoas que sofrem de depressão.
A Depressão é medicamente mais entendida como um mal funcionamento cerebral do que uma má vontade psíquica ou uma cegueira mental para as coisas boas que a vida pode oferecer. A pessoa deprimida sabe e tem consciência das coisas boas de sua vida, sabe que tudo poderia ser bem pior, pode até saber que os motivos para seu estado sentimental não são tão importantes assim, entretanto, apesar de saber isso tudo e de não desejar estar dessa forma, continua muito deprimido.
O popular Esgotamento pode ser também uma outra forma da Depressão. Sentir-se esgotado é sentir-se sem disposição para a vida. Não para a vida em seu sentido biológico de continuar vivendo, mas à vida em seu sentido cotidiano; falta disposição para continuar, dia após dia, a enfrentar os mesmos problemas corriqueiros, falta disposição para enfrentar a monotonia e a constância da vida, para continuar à fazer as mesmas coisas, para suportar as mesmas pessoas, etc. Esgotamos, por assim dizer, nossa energia e nossa capacidade de adaptação ao trivial, ao feijão-com-arroz de nossa vida cheia de problemas.
O que se constata na clínica é que não existe um estado de esgotamento sem que haja também um estado afetivo diminuído. Esse estado afetivo pode ser a causa ou a conseqüência do esgotamento, ou seja; ou a pessoa teve um episódio depressivo e acabou por entrar em esgotamento ou, ao contrário, começou por apresentar um esgotamento que acabou resultando num estado depressivo.
Hoje, mais do que nunca, há uma tendência (científica) em aceitar o fato da Depressão, seja por esgotamento ou sem motivos aparentes, ser conseqüência não apenas das experiências de vida atuais ou do passado, como se pensava antes mas, principalmente, causada por uma determinada alteração orgânica-cerebral (física).
Podemos dividir a Depressão em dois tipos básicos: a Depressão Típica, com todos os sintomas emocionais percebidos e sentidos pelas pessoas de maneira franca, ou seja, com um quadro predominantemente emocional de indisposição, insegurança, angústia, tristeza, apatia, desânimo, etc. e a Depressão Atípica, ou seja, com sintomas que não sugerem (à primeira vista) tratar-se de uma Depressão mas que equivalem à ela em sua essência (a que tive antes era atípica, pois eu jamais disconfiei que pudesse ser uma depressão, o fato de ficar trancada em casa por 10 meses....agora foi uma típica mesmo)

Os sintomas mais comuns são:

  • Modificação do apetite (falta ou excesso de apetite);
  • Perturbações do sono (sonolência ou insónia);
  • Fadiga, cansaço e perda de energia;
  • Sentimentos de inutilidade, de falta de confiança e de auto-estima, sentimentos de culpa e sentimento de incapacidade;
  • Falta ou alterações da concentração;
  • Preocupação com o sentido da vida e com a morte;
  • Desinteresse, apatia e tristeza;
  • Alterações do desejo sexual;
  • Irritabilidade;
  • Manifestação de sintomas físicos, como dor muscular, dor abdominal, enjoo.

Em algumas pessoas a Depressão se apresenta de forma Típica em outros de forma Atípica. Nas formas Atípicas de Depressão podemos Ter, concomitantemente, variados quadros psicoemocionais:

A - QUADROS ANSIOSOS
A.1 – SÍNDROME DO PÂNICO
A.2 – FOBIAS
A.3 – ANSIEDADE GENERALIZADA
B – QUADROS SOMÁTICOS (com queixas
físicas)
B.1 – QUADROS SOMATOMORFOS
B.2 – DOENÇAS PSICOSSOMÁTICAS
B.3 – HIPOCONDRIA
C – QUADROS NA INFÂNCIA
D.1 – HIPERATIVIDADE
D.2 – MEDO PATOLÓGICO
D.3 – DIFICULDADES ESCOLARES
D – QUADROS IMPULSIVOS
C.1 – BULIMIA NERVOSA
C.2 – ANOREXIA NERVOSA
C.3 – QUADROS OBSESSIVO-COMPULSIVOS


Bom, quero dizer quesinto muita falta dessa vida blogueira, de visitar todos os blogues que tanto gosto e sinto falta de escrever aqui, na medida do possível e da minha melhora vou procurar manter o blog ativo, visitar o pessoal, comentar. Estou tentando voltar ao meu normal, como eu era antes dessa depressão...aliás, tenho feito a terapia do sêmen!! rs
Uma pesquisa revelou que sêmen pode melhorar casos de depressão em mulheres então resolvi tomar toda manhã, mas essa pesquisa é só uma brincadeira (talvez com fundo de verdade) pra minha atitude, o que estou procurando fazer mesmo é manter a relação quente, manter o desejo aceso, melhorar a autoestima...direta ou indiretamente essa pesquisa vem se mostrando, se não verdadeira, coerente.
See ya!

32 cuspiram:

Sentimental ♥ disse...

ei, que bom q voltou.
ó, tenho certeza q vai ficar tudo bem e q vc vai dar a volta por cima.
estou aqui.
bjs

Eu e a solidão disse...

Que ótimo que você voltou...

E tomara que a sua situação se resolva e você volte a ser a BR que conhecemos, cheia de vida, alegre e muito feliz!

Boa Sorte no tratamento e se precisar pode contar comigo!

Beijos!

Lu disse...

Então Bem Resolvida...muita coisa né?
A Depressão é uma doença complicada, pois os outros nem sempre a entendem como doença, as vezes nem nós mesmos. É super comum o discurso: falta de vontade, não sei o que há se tudo vai bem, enfim...
O que vale.: auto-cuidado, medicação e terapia. Base para o tratamento. Sem tempo para terminar. Não importa se será preciso meses ou ano de medicação. Importa é o equilibrio.
A medicação é apenas um dos pilares.
Abrir a situação eu entendo como uma ação de auto cuidado. Auto confiança. Se expos de uma maneira positiva. Legal. Passo firme, pedra sólida.
Visite minha casa: www.diariodaincerteza.blogspot.com
beijo
LU

Crisenta disse...

BR que saudades gigantescas de vc... nossa fiquei mto feliz em ter noticias suas depois de todo esse tempo.. eu desconfiei mesmo que o unico motivo de vc não ta atualizando aki não era so por falta de tempo e oportunidade mesmo! mais nunca pensei q fosse uma coisa tão grave afinal de contas depressão e doença ne? e das feias... mais fico satisfeita em ouvir q aos poucos vc ta saindo dessa, vc parece ser uma mullher mto forte e que com o tratamente certo mta força e apoio vc vai sai dessa rapidinho! achei otimo sabe q vc e o sexy nerd, agora maridãohaha, estam tão bem assim. Lindo da parte dele te apoiar dessa maneira! Sigo torcendo por vc e espero q vc sinta mais vontade de vir aki e nos atualizar dos acontecimentos pq amoo seu blog... beijos

Lee Holloway disse...

Quanta coisa!

E a gente sem saber de nada. Mas sentimos sua falta. Mesmo!

Brid e eu torcemos muito para que vc se recupere o mais rápido possível. Foque nas inúmeras coisas boas que estão à sua volta!

Um beijo!

Lee

Confissões de Um Ego disse...

OI anjo saudades...que bom que voltou fico mt feliz..apesar que depois da minha ausencia ainda nem consegui colocar as leituras em dias...mas to quase : ).
Vlw pelo comentario lá no meu cantinho..

E agora..eu sinto mt mt mesmo por ter passado por isso...sinto por experiencia propria....nem quero lembrar...pq afinal vivemos um dia de casa vez, um dia "feliz' após o outro...Imagino e sei por tudo que passou nos ultimos tempos...e so digo uma coisa serenidade...esendo sincero não ha nada e ngm que possa fazer passar só vc mesma..e como sei que é forte e decida e com uma maozinha do "maridao" ( que surpresa hien), da sua baby e dos amigos..logo logo vai ficar 100% resolvida como sempre foi....

Te adoroooo saudadesss...e se precisar de algm que entenda sobre isso pra conversar to aki...bjoksss

Carrie disse...

benheeeee
que bom que voltouuuu
nao há mto o que dizer nessa situação sabia? a gente sempre fica procurando um monte de coisa pra dizer do tipo: ah, tudo vai ficar bem e tals mas a verdade é que não sabemos bem o que dizer...então eu apenas torço pra que tuuudo fique bem e agradeço em nome de todos os blogueiros por ter voltado!!


não some de novo naoooo

rs

*qto ao complexo e minhas histórias...é uma loooonga historia rsrs

bjão

carrie

Querol disse...

Ah, a melhor coisa que vc fez foi ter se afastado mesmo e vejo que foi bom mesmo. Quando vc estiver bem de novo, estaremos te esperando de braços abertos. Melhoras!!!

Bjo.

Sátiro disse...

Que bom te ver de volta, moça! Agora entendo o sumiço. Use e abuse dos amigos, virtuais inclusive. Saber o quanto se é querida é importante nesse momento.

É muito bom saber que você e o SN estão tão bem, isso com certeza é a pedra na qual você vai se apoiar para sair dessa crise linda, loira e japonesa.

Um beijo, estávamos com saudades.

Leandro disse...

É, aconteceu muita coisa mesmo. Tenho um amigo que também tem o mesmo problema que você. E ele gostava de malhar, porque era a única hora que o cérebro dele produzia cerotonina. Hoje ele toma medicação dada por psiquiatra, está, mas até onde ele sabe, nunca teve depressão não, mas a mãe dele já.
Fiquei feliz por ver o seu comentário, seja bem vinda de novo!
Beijão

Mulherzinha Sim! disse...

Quanta coisa acontece em pouco tempo!

Bom, só posso te desejar melhoras. Que você tenha cada vez mais força para superar os obstáculos que surgirem em sua vida!

Ah, aproveite também a sua relação com o sex nerd... Vc queria tanto que ele fosse morar com vc. Então, que bom que isso aconteceu e que ele esteja sendo um bom companheiro.

Aguardo sua volta triunfal.

Bjo

Afrodite disse...

Amiga!
Fico feliz em ver vc blogando outra vez!!!
Meu celular ainda não recebeu o bônus da Oi,mas assim que o fizer eu te ligo!
Vc acredita que esse fim de semana todo eu pensei em vc???parece brincadeira,né?
Bem, se vc deixar eu alugo por aqui e no dia vc passa primeiro aqui em casa para vestí-la...o que acha?
E pra que não fique depois complicado pra devolver o vestido vc deixa comigo que no dia que levar os ternos eu levo tb o mesmo pra devolver!Pensa que depois nos falamos,ok?
Que bom que vc está medicada,infelizmente depressão só se resolve com antidepressivo.Mas tenho fé que vc vai ficar cada vez melhor e o uso deles será cancelado em breve!
Saudade de vc!Vamos aproveitar as férias pra nos vermos mais,ok?
Beijo pra essa linda família que vc tem!
beijo
Afrodite

Agrilla Bass disse...

eu notei mesmo que tu não estava muito animada, mas com certeza sairá logo dessa. força de vontade, mais pessoas legais por perto e remédio. e voltará logo a vida normal. bjjj

Jhennifer Cavassola disse...

Que bom que voltou!! Estou muito feliz!!! Já voltei com o link :)

Li só o comecinho, volto depois pra ler o resto, o dever me chama, sabe como é né?

Bom te ver por aqui novamente.

Beijos

Eu amo um cara chamado Flavio disse...

Último post: Briga pelo msn....será que eu peguei pesado?

Se o "se" não tivesse ficado só no "se" disse...

Que bom que vc voltou....tem selinho pra vc lá no blog, te adoro....

Se o "se" não tivesse ficado só no "se" disse...

Querida, n sei se vc lembra, mas eu sou a Natália, aquela que ficou te enchendo o saco sobre uma pesquisa de chefe de família monoparental feminina, lembra? E vc, com o maior carinho respondeu minhas perguntas, que tem me ajudado muito até hoje, pois a pesquisa continua...na época eu n tinha blog, mas hj tenho rá....e estou à disposição se vc precisar de algo, mesmo sendo uma estudante de psicologia ainda, ok? Bjão.

Moni disse...

oi BR.... nem acredito q vc tbm voltou hehehe .. vc fez mta falta!!!!
num demore a postar suas aventuras... tbm to de volta uhuuu
bjksss

Rosa Canela disse...

Oi garota! Que saudade de vc viu??! Mais que bom mesmo que vc voltou e quanto a sua Deprê, sei que isso é mesmo coisa séria, minha mulher esta com os mesmo sintomas, mais não aceita nenhum tipo de tratamento o que vc sabe que dificulta demais a melhorar..mais vou cuidando dela com muito amor e tentando ajuda-la mesmo sem ela querer...

Mais bom demais ter vc denovo ...bjus

Rosa Canela

Sujeito Oculto disse...

Depressão não é uma brincadeira. É uma doença grave e que dificilmente se cura sozinha. Seja bem-vinda de volta, então, e dê uma passada na minha casa sempre que puder. Espero que no próximo post vocês esteja muito mais bem resolvida. E de emprego novo.

riskcontact disse...

oh, minha querida se cure viu, vc é uma flor q precisa estar viva pra alegrar a vida dos q te amam e admiram, torço pela sua recuperação, bjs da dreamer q agora mudou o nome do blog para riskcontact. feliz 2010

Silvana Nunes .'. disse...

Salve o NOVO ANO !
Que ele seja de PAZ e de muita Saúde. E que estejamos juntos por mais um ano.
assim Seja !
FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER... começa o ano contando um pouco sobre esse espetáculo maravilhoso que é a FLOLIA DE REIS ou REISADO, comemorado no dia 6 de janeiro. Aqui eu também coloco as famosas simpatias das Romã, muito utilizada no dia 6 de janeiro para atrair dinheiro. Para quem curte uma simpatia, vale a pena fazer.Venha conferir.
E para quem não conhece o meu espaço, convido a dar uma chegadinha até lá para conhecer o meu cantinho de histórias, o link está logo abaixo.
Que os bons ventos soprem a seu favor neste ano de 2010.
Saudações Florestais !
http://www.silnunesprof.blogspot.com

Tataahzinha disse...

Depressão é algo que muitos julgam o mal da atualidade tornando um problema sério, algo de extrema futilidade.
Eu tenho isto desde os meus 12 anos e é dificil viver em um mundo onde na maioria das vezes vce só tem teu psiquiatra pra conversar porque o restante tá pouco te fudendo pra vce. Ou pior ainda no meu caso, quando a depressão é confundida com problemas de adolecencia e afins.
O fato é que não é fácil, mas também não é um beco sem saída!
E com força e perseverança, vce vai sair dessa!
Beijos e saudades!
Agora que estou de volta, fiquei triste por saber que tu sumistes!
Volte logo!

Deh Bee disse...

querida,

az tempo q n escrevo tb e vim te visitar pq queria te contar.

estou namorando um cara absurdamente perfeito. e esses dias olhei p ele e disse "tu é tudo q eu poderia querer, um nerd, fofo e tarado"

e daí lembrei de ti... uahuhaha

me adiciona no meu msn novo!

debora_rmc@yahoo.com.br

espero, do fundo do coração, q superes essa doença cruel, q tanto subestimam... pq não é, mesmo, coisa p se subestimar!

um beijão!

Walkyria Rennó Suleiman, disse...

Acabo de chegar e leio este texto enorme, que me pegou de jeito. Sei o que é estar deprimida e ter que seguir fazendo as coisas da vida. Mas sabe, acho vc muito bem resolvida, pois as pessoas escondem o que sentem, têm vergonha da tristeza, da melancolia... vc não. Já assumiu e vai à luta, pq sabe o que é estar bem.
Sério, força aí, desabafa, grita, fala merda, mas não se afaste de tudo não.

Josi disse...

Olha sei bem o que esta passando eu mesma estou fazendo um tratamento de depressão,mas vc é muito mas muito resolvida não qualquer pessoa que adminte e assume que tem depressão,monte meu blogue a pouquissimo tempo e quando viu o seu quiz faze parte dele afinal nao é todo dia que a gente se depara com uma mulher bem resolvida eu mesma nao me enquandro no quesito bem resolvida, pq se me enquadrasse nao estaria numa depre brava pelo fim do meu casamento...
tenha muita força de vontade e nunca pare de fazer algo em prol a você...bjss

ricardo_minozzi disse...

Eu entendo a sua situaçao e gostei da parte em que vc expressa a "Força do Pensamento" como metodo de cura.Acredite nisso..esse é o caminho...conheço muitas pessoas que se libertaram de sindromes(Panico) somente se baseando em sua propria força...
O mais dificil é ter a fé de que nós mesmos podemos ser...fazer...realizar o que quisermos...NAO HÁ LIMITES!...

lendo isso num primeiro instante vai parecer papo superficial...mas no momento em que "cair a ficha"de que temos o PODER dessas forças de reaçoes dentro de nos...ai sim começaremos a evoluir mais e mais...resolvendo muito de nossos problemas...

Luciana disse...

Primeira vista ao seu blog e achei muito verdadeiro de sua parte se mostrar ate em momento de maior fragilidade. Como estudante de psicologia consigo entender o sentido da depressao e dizer que com sua vontade descrita neste post sua dor vai passar logo.

Anônimo disse...

Just want to say what a great blog you got here!
I've been around for quite a lot of time, but finally decided to show my appreciation of your work!

Thumbs up, and keep it going!

Cheers
Christian, iwspo.net

Mel dupla personalidade disse...

Dando uma passadinha para conhecer vc.
Adorei teu blog! Sexy, uma delícia.
Responde a enquete, estou curiosa.
Se puder visita meu cantinho, adoro novas amizades e troca de idéias. Vou te seguir!
Bjs doces!

*´¨)
¸.·´¸.·*´¨) ¸.·*¨)
(¸.·´ (¸.·` *♥ Mel Dupla Personalidade ♥*♥*♥*♥*♥*♥*♥*♥*♥

Jussara Christina disse...

Nossa muito showw aqui!
Gostei e por isso te sigo a partir de agora.
Dá um pulinho no meu blog ...
Bjãoooooooooooooooo

Locketty disse...

Adorei seu blog vc tem mto talento para ser blogueira da web agora eu quero sua opiniao oq vc acha do meu blog http://blogdolocketty.blogspot.com/