segunda-feira, 3 de novembro de 2008

Tem horas que é foda

Hoje acordei bem humorada, como sempre, cheguei no trabalho fiquei escutando Madonna que me deu até vontade de falar dela mas de tarde minha vida bateu na minha porta, e fiquei a tarde toda muito mal, se quer consegui segurar o choro. No meio desse mês a minha empresa vai pagar a primeira parte do 13°, como seria uma mão na roda se eu também fosse receber mas eu pedi que me pagassem ele em junho para poder pagar dívidas que o pai da minha filha deixou na escola. Adeus décimo terceiro! O cartão de crédito está virando uma bola de neve mas ainda assim planejei uma forma de quitar a dívida acumulada do cartão, viajar com SN nas minhas férias em janeiro e ainda ir ora BH visitar uma amiga que não vejo há anos. Doce ilusão, fiz umas contas e...e depois de trabalhar o ano inteiro, bancar meu canto sozinha, cuidar da minha filha eu se quer posso pensar em fazer alguma coisa por mim, simplesmente não posso pagar. SN é um doce e se ofereceu pra me ajudar com as despesas da viagem, acredito que ele se ofereceria até pra bancar minha viagem com ele mas sabe que me sentiria constrangida com essa situação. Se for pra BH vou ficar zerada e provavelmente não vou poder fazer nenhum programa que custe alguma coisa.

Nessas horas eu imagino o pai dela fumando maconha com os amigos dele e tocando a guitarra dele, ou dando um teco, gastando toda a grana dele com bebida e drogas enquanto eu deixo de comprar uma fatia de torta porque só tenho o dinheiro contado das passagens pra trabalhar até o dia 5, e, cara, dá muita raiva. Não chorei pelo simples fato de talvez não poder viajar pra BH nas minhas férias com minha filha mas pelo conjunto da obra, pelo pai drogado da minha filha e em como ele me faz me transformar em outra pessoa e desejar a sua morte. Será que estou pecando de mais em desejar que ele morra? Não o faço por ódio mas pelo bem da minha filha, imagino ela crescendo se sentindo rejeitada pelo pai por ele não procurá-la nunca, imagino seu sofrimento e por outro lado, ela não sentiria rejeição de um pai ausente por estar morto e quando me vejo tão quebrada, quando paro pra enxergar a realidade da minha vida eu sinto tanta vontade que ele morra! E eu não sou assim, eu não desejo o mal de ninguém.

Na medida do possível eu consigo viver bem com a minha filha, ela tem seus brinquedos, meu ap é pequeno mas tem dois quartos, tenho net e internet em casa e...só! De resto preciso economizar em tudo, as vezes deixo de ir ao cinema, quando não levo comida pro trabalho como um salgado enquanto meus colegas vão almoçar em restaurantes...é muito cansativo uma vida de privações, não posso fazer um curso, estudar (só a minha mãe acredita que eu posso conseguir estudar nas poucas horas da noite que fico em casa e com a minha filha vendo tv, brincando, me chamando), o dia que a empresa demitir os terceirizados o que será de mim...nem sei como consigo manter meu bom humor, ignorar meu futuro sombrio e viver sorrindo, não entendo de onde saem essas minhas forças mas as vezes elas se enfraquecem um pouco, como hoje.
Ainda hoje cedo li sobre felicidade em um blog e refleti em como ninguém consegue ser feliz o tempo todo, a gente se sente feliz, é coisa de momento se não como eu poderia estar me sentindo tão infeliz agora depois de um final de semana onde senti tanta felicidade, como há muito muito tempo não sentia?

Quando paro pra pensar na minha situação delicada, na minha falta de perspectiva de futuro e com a minha filha debaixo da saia ainda por cima, penso que sou miserável, penso as piores coisas de mim mesma, penso que ninguém quer uma pessoa assim por perto, acabei falando pra ele isso, disse que uma hora ele iria se mancar da burrada que está fazendo com a vida dele se envolvendo com uma pessoa sem perspectiva de melhorar, e iria me largar pro bem dele. Não consigo evitar de pensar essas coisas mas espero que minhas qualidades façam valer a pena pra ele estar comigo, e ainda veio lá da casa do chapéu pra me buscar no trabalho...e me acompanhar até a entrada do metrô! Foi até o centro me encontrar por três minutos apenas, tempo suficiente pra me dar o abraço que estava precisando e isso me fez sentir rica um pouquinho. Tem mulheres que gostam de ganhar sapatos, flores, chocolates, eu prefiro três minutos de riqueza!

Eu sei que amanhã ou depois eu já vou estar pronta pra outra porrada, nova em folha, rindo a toa de novo, falando e fazendo putaria mas hoje eu precisei cuspir pra fora esse catarro (alguém fez cara de nojo?).
Eu preciso acreditar que continuo sendo a pessoa de caráter que eu sou mesmo desejando a morte de alguém, e nesse momento eu quero com muita força. Eu não tenho muitas ambições, tudo que eu gostaria hoje é de poder levar minha filha em todas as estréias no cinema, comprar uma máquina de fazer waffle, ter sucrilhos e nutella todos os dias em casa, comprar calçados pro pezinho dela que cresceu, e algumas roupas novas. Sim, eu sou Bem Resolvida mas eu também gosto de comprar roupas, queria poder viajar e principalmente, queria pagar um curso pra um dia passar em uma prova dessas e entrar naquela empresa como funcionária e não como contratada mas eu tenho uma casa e uma filha pra cuidar, escola, coisas que eu não precisava fazer sozinha se não fosse aquele ser, que nem posso mais chamar de humano, as drogas transformaram ele por completo. Vocês acreditam que ele me deixou com uma dívida enorme no final do ano passado? Ele morava aqui e me ofereceu "amigavelmente" pra vir pra cá com a nossa filha e ele sairia pra morar com uns amigos (viciados), o FDP foi embora deixando 3 meses de luz atrasado, 4 meses de gás, e dois meses de aluguel e condomínio. O FDP deixou uma dívida do caralho pra mim, deixou de pagar tudo quando soube que eu viria pra cá, foi tudo bem planejado. E depois de alguns meses cobrando à ele ,ele foi até a casa de minha mãe e disse pra ela E PRA MINHA FILHA que me mataria e desapareceu, há 7 meses atrás.
Agora me diga, estou sendo ruim/monstro/escrota desejando a sua morte??

Tá ficando muito longo isso aqui mas hoje senti necessidade de cuspir bastante...um beijo aos amigos!

34 cuspiram:

Uma Flor de menina disse...

Oi linda. primeiramente, é muito bom a gente escrever pra desabafar isso. Fora o travesseiro de noite que é um psicólogo fant´stico quando absorve nossas lágrimas. Faz bem isso e dá uma reavivada no espírito. e lembra sempre que coisas materiais são importantes, mas muito mais que isso, o importante é sua filha. Infelizmente, estmaosnum momento em que ter é mais importante que ser. bola pra frente que a vida pode melhorar. sem essa de pensar que não há perspectivas pra vc. sempre há.

bjos!

deh disse...

querida,

minha vida também tem certas privações. eu trabalho feito bicho e nunca vejo a cor do dinheiro, vei tudo pra faculdade, e ainda fico sempre devendo e tenho que tocar um parcelamento pro próximo semestre... sei que é o meu futuro, mas é mt difícil ter 21 anos, meus amigos todos saem, tem carro, viajam, sabem o que é um fim de semana. tb fico chateada de ver minha mãe sempre preocupada e até triste quando não pode me dar coisas supérfluas, mas que claro que ela quer me dar, ela é minha mãe, e sou a filhinha dela, né? eu fico cansada, ela fica triste por eu não ter tempo de me dedicar mais aos estudos, de não pdoer comprar meus sapatos, meus livros...

tua situação é ainda mais difícil por teres uma filha... e eu sei o quanto deve doer a questão do pai dela pq mexe com ela, que deve ser a coisa mais importante da tua vida.

não, tu não é má, tu é humana. claro que deve combarer esse sentimento, mas não se crucifique por tê-lo. ele plantou isso tb.

um dia tua filha vai ser uma garota forte e guerreira e vai amar e respeitar a mãe dela, eu sei pq aqui em casa a história é muito muito parecida, e eu sou louca pela minha mãe.

deus tem um plano pra todos nós, respira e continua sendo a pessoa decente e honesta que tu é, com certeza tem algo muito bom reservado pra ti

:*

Loira e Morena disse...

Nao acho q desejar a morte ao pai de sua filha, q só faz mal a vcs duas seja uma coisa errada ou q mude seu carater, vc é a mesma pessoa, hora em momentos bons e felizes, horas em momentos ruins, simplesmente tem pensamento e vontade diferentes para cada hora e acho q todos somos assim.

Boa sorte ai, e força q tudo vai melhorar!
Boa semana!

Beijaooo da Morena!

Rafhitch disse...

Ei moça! O que você escreveu foi apenas o que estava preso em você durante muito tempo, mas que só agora chegou a hora de "cuspir" como você mesma falou!

É verdade que muitas pessoas vivem uma vida boa, sem preocupações pois, tem dinheiro de sobra pra gastar. Mas, essas pessoas não sabem dar valor às coisas que conquistarem na vida e não adquirem algo que hoje em dia só quem batalha tem "caráter". Você está se privando, em prol de uma pessoa que merece todo o seu carinho e amor: Sua FILHA!

Fique tranquila e tenha certeza de que na hora certa você será recompensada.

Quanto a você desejar a morte do pai de sua filha, disso eu não tenho nada a comentar. Cada pessoa é de uma maneira e temos que respeitar. Se você hoje está desejando isso seus motivos você tem como até chegou a citar aqui no post!

Beijos! E fica bem!

Cadinho RoCo disse...

Existe um momento que despenca tudo. Mas existe também, em meio às turbulências, o sinal do quanto somos fortes e resistentes por conseguirmos passar pelo que passamos. Tenho muita afeição e admiração pelo tanto que leio aqui e que para mim é mostra do seu talento. Esteja certo de que daqui de onde estou (BH) envio minha solidariedade em forma de energia boa para que fique firme e seja esteja forte sempre.
Cadinho RoCo

luna disse...

ow... ki ruim, einh??
as vezes as coisas apertam msm... e vc tá mais que certa de desabafar e falar o que sente... vc n pode parar de trabalhar p chorar em ksa, naum pode parar de cuidar da sua filha, mas aki é p vc extravazar msm...guardar as coisas p gente é muito ruim... n precisa fazer isso...

naum se culpe por desejar a morte do pai da sua filha, olha a sua justificativa que nobre... cuidado e proteção em relação a ela... nd mais... as vezes esse sentimento pode fazer mau pra vc, mas nunk que te transforma em uma pessoa "menos boa" do que vc é...

apesar de "dinheiro naum comprar felicidade", infelizmente a nossa realidade nos faz escravos dele sim... infelizmente pra tudo a gente precisa ter dinheiro... mas Deus nunk nos dá uma carga maior que a gente pode aguentar... e pra compensar esse pontinho complicado na sua vida, ele te deu uma filha saudável, e como vc msm disse momentos de gargalhada c ela, pessoas que te apoiam e são capazes de andar um montão p te dar um abraço de 3 min...
pode naum ajudar muito, mas quantas pessoas tem montanhas de dinheiro e só amigos interesseiros querendo desfrutar dos bens dele... ontem msm eu tava conversando com um ex-colega de classe que bateu o carro no show da ivete e teve que vender o que sobrou p pagar a despesa do outro... os "amigos" dele naum chamam ele p mais nada...
os seus amigos são seus amigos pq vc é vc... o SN faz o que faz por você pq vc é vc e naum pelo que vc tem... e isso naum vai influenciar na relação de vcs...

por mais que as coisas pareçam complicadas, sempre tem uma saída... espero que vc eteja melhor... se precisar, grita, viw...

montes de bjus p vc*

Edu C. disse...

Xô, tristeza!!!
Siga o conselho que sempre ouço: pense em coisas boas! Coisas boas atraem boas coisas.

Beijos



Ah, ando levando um baile do meu blog, então têm aparecido umas atualizações fantasmas...

Anna Oh! disse...

Acho q a melhor coisa q vc faz é botar pra fora... a filosofia do Shrek "melhor pra fora do q pra dentro!". Seria impossível passar por tudo isso com esse sujeito e não pensar na morte dele, em se livrar dele, ou sei lá, desejar coisas ruins. A gente quer mais é q aquilo q é aversivo esteja longe e sem nos gerar incômodos.
Talvez perceber a baixeza e o sangue frio d algumas pessoas t desperte um lado humano a mais, pra comepnsar aquilo q falta nos outros. Sabe, acho q é isso q tem em vc, e é parte da Bem-Resolvida forte, de fibra q eu tanto admiro.
Vc consegue manejar isso, consegue sim. Tem força, e acredita em si, q é o principal.

Fica um abração, ainda q virtual!!!

Bjussssssssssssss

Allana disse...

AAA Mulher , como eu entendo o que diz agora...entendo sinto o mesmo medo de não poder dar pro meu filho tudo o q quero , tenho medo de um dia perder o serviço e ficar sem perspectiva ... quando penso nisso tb choro , tb sofro e como vc tb não sei como consigo acordar todos os dias de bom humor , venho aqui te deixar um abraço de cumplicidade pq as vezes venho aqui e me vejo me aconselhando com uma irmão mais velha (só um poko mais velha tá)

Bju linda...e as coisas vão ficar bem...elas estão caminhando para issO...Não sofra

Mulher em fuga disse...

Se eu sempre digo que homem é tudo palhaço, como o blog que eu adoro ler e compartilhar histórias, nesse seu caso defini-lo como palhaço seria praticamente um elogio. FILHO DA PUTA DE MARCA MAIOR, isso sim!
Mas é isso ai, amanhã vc estará novinha em folha, vc vai ver! Somos inegavelmente mais forte, mais forte que tudo isso!
Mil beijos!

Kêco disse...

Tem que tossir com força pra desprender o catarro grudado na garganta. Depois que você cospe a crosta fica aquele alívio.Você nao é má por desejar a morte de alguém. Basta considerá-lo apenas uma porra de um número, zero à esquerda, pela opçao dele em ser medíocre. Melhoras!!!
T+
K^.

Sátiro disse...

Eu sei bem como é isso. Dificuldades financeiras tiram qualquer um do sério, tendo uma filha então, nem quero imaginar.

E isso não é o pior, o pior é você não se sentir segura na sua situação atual, e não ter recursos pra tentar mudá-la, como tempo ou grana pra estudar. Isso sim é massacrante, porque quando está tudo ruim e você sabe que está trabalhando pra que mude até dá pra suportar; mas quando você não vê como mudar, aí o peso é insuportável.

Eu sei que é mais fácil falar do que fazer, mas acho que honestamente você devia abstrair esse cara da sua vida. Tentar não lembrar nem do nome dele. Mesmo que pra sua filha gere alguns conflitos a distância dele, você sabe que a proximidade traria problemas muito maiores, e tenho certeza de que você tem culhão (melhor dizer "tem peito", né? :D ) pra ser pai e mãe ao mesmo tempo e ser muito boa nos dois papéis.

Enquanto você não abstrai, não se sinta culpada pela raiva e por desejar mal a ele não. Embora isso não seja o ideal, é sinal de que você é humana e tem sangue nas veias; não dá pra ser a super correta o tempo todo.

Beijos, melhoras e bons fluidos.

A Outra disse...

não precisa se sentir mal por pensar assim. tem horas que dá vontade de colocar para fora essas coisas e é o melhor a fazes.
e vc tem consciência das coisas, tem equlíbrio. isso é muito importante.

abraços sinceros são os presentes mais bonitos que alguém pode ganhar.

sinta-se abraçada.

bjsss

lu disse...

ai, que foda, BR! tem toda a razão de ficar puta, eu espero que desabafar tenha ajudado!
força e paciência...
beijo!

Moni disse...

calma flor... é bom desabafar .. o blog esta aki pra isso mesmo.. aposto q vc se sentiu melhor colocando parte desse catarro aki.. coloque a cabeça no lugar e vá com calma q td se ajeita! dias melhores virão....

ps: meu amor leu meu post sim, aliás foi a primeira vez que ele viu meu blog.. rsrs.. beijos e boa semana!

Fernanda disse...

Quando eu penso que só eu que estou nessa vida de pindaíba...
A coisa está feia. e pra vc que tem ainda uma vida deve estar ainda pior. É foda cara. Mas o lance é: não desistir. Não temos escolha. E um dia ainda vamos ri muito de tudo isso.
E quanto ao pai da sua vida ... é compreensível que vc tenha esse sentimento por ele. Mas, abstraia e vai vivendo como se ele tivesse morrido de verdade (mesmo que não.). Coitada da sua filha por ter um pai assim. Ainda bem que ela não convive com ele, pq ele é má influência pra ela. Pessoas assim só trazem coisas ruim pra gente.

Sorte e paz!

. disse...

desabafar é a melhor coisa, alivia,quando a gente passa por momentos assim tem mais é q por p fora viu,mas tenha força q tudo vai se resolver eu tbm passo meus perrengues aqui pq embora eu não tenha filhos mas tbm tenho q bancar as contas sozinha e imagino o q vc passa,mas o mais importante é vc ter certeza isso é só momento vai passar,e não fica pensando q vc não tem perspectiva de futuro não vc é nova poxa sempre há uma chance de as coisas melhorarem pensa positivo,não deixe nunca de lutar por vc e sua filha q vc vai vencer e ficar bem,


bjus.
Jade.

curiosa disse...

Poxa BR foda te ver assim ! com ctza vc nao esta errada de sentir tanto odio dessa pessoa a ponto de vc desejar a morte dela o problema e que isso alem de nao resolver nada nao vai te deixar melhor ! mais desabafaaa sem medo fala o que pensa ajuda mesmooo... espero mesmo que vc consiga resolver esses problemas pq vc mi parece ser uma pessoa merecedora de vitorias.... e Deus nunca da uma cruz maior do que agente pode carrega (minha mae sempre diz isso qdo tenhu problemas que mi deixam mto mal) e como no fim eu sempre consigo mediar as coisas e as coisas querendo ou nao si resolvem eu acredito nelaa ! por isso tenhu ctza que é um problema que vc saira dele... ih tomara que seja o mais rapido possivel hehe
Fica com Deus e forçaa aiii !
bjuu

Querol disse...

Oras, vc é humana e do mesmo jeito que tem sentimentos bons (amor, alegria, paixão), às vezes tb brota sentimentos, digamos ruins (ódio, rancor, raiva). Vc é uma pessoa maravilhosa (pelo que percebi lendo sua história), pra cima, BEM RESOLVIDA... Não deixa essas coisas te deixarem pra baixo por muito tempo (pq às vezes é invitável).

Vc não precisa desejar a morte dele. Não se esqueça de que ele está cavando a própria cova.

Beijos e força!!!

Rê F. disse...

NOssa! Durante esse texto seus a Emoção passou o pé na Razão e saiu correndo hein?
Pensa assim... Deus não nos dá fardos maiores do que podemos carregar.

E olha só, tem gente que deixa o notebook cair no chão enqaunto está comentando no teu blog! (destruí meu note!!!).

P.S. O texto la no blog é meu mesmo! Ficou bom? achei meio bobo!! rs..

Petipoá disse...

Desabafar é muito importante, problemas na vida todos tem... mas como ja diria o ditado: no fim tudo fica bem!

Espero que tudo melhore =)

Bem Resolvida disse...

obrigada pelos comentários, pelos beijos, abraços, apoio. Ontem estava mesmo muito mal...hoje já melhorei, já voltei ao normal e tenho recebido suporte do nerd mais lindo que eu já vi.
eu convivo bem com meus problemas que até me espanto as vezes mas de vez em quando bate um cansaço de tanta submissão.
mas eu aguento o tranco! amanhã eu volto com algo mais interessante..rs
beijos!

Casal do Arrocha disse...

Força BR, vc é capaz!!!
Todos nós sabemos disso...
São coisas que todos nós passamos.
Normal...
Beijos...

Japonezuda disse...

Moça bonita do meu coração!
Sempre que quiser e precisar cuspa tudo isso e muito mais...
Todos temos nossos momentos que a vontade é de chutar o pau da barraca, mas passa...
Assim como passou

Beeeeijos
Que tudo se resolva

Carrie disse...

querida! estouc cuspindo! alias, acho que era o q vc deveria fazer nesse ser: cuspir! mas acho q nem seu cuspe vale a pena!
Olha, todos temos dias assim. Não passei por toda sua situação, nem conheço pessoas horriveis a esse ponto, mas também sei o que é levar marmita e ser tercerizada, enquanto todos a sua volta são bancários! La perto do trampo tem um restaurante chique chamado LE JARDIN, e o kg da comida é simplesmente 4,00. Uma vez por mês me dou ao luxo de entrar lá e FINGIR que sou como algumas daquelas loiras q almoçam la todo dia. faz bem pro ego. e depois volto pra realidade!

Sinto que todas essas dificuldades é que fazem de vc a pessoa que é. sempre forte (mas sensivel, muito por dentro) e determinada em não deixar q essas coisas (ou pessoas) afetem sua filha. Adimiro muito você. Saiba que a gente colhe o que planta (clichem, mas é vero), então, algo melhor esta reservado pra vc. pra pra pequena.

bjinhus

Carrie*

Ayla Al Nar disse...

nossa, me lembrou muito meu ex noivo esse seu post... (graças q larguei faltando 1 mês pro casamento).

Relax. Tudo melhora sempre.

de mulher pra mulher disse...

Oi meu anjo fique tranquila tudo na vida se resolve ok
adoro-te moça..estou melhor um pouco..naquela vc sabe rs
muito reposuso..pois tive outra crise...sigo assim..
suave seja sempre!!
bjos..em seu coração
.
.
Sandrinha

Loira disse...

Amiga querida
Já falamos sobre isso né!
Eu sei exatamente como se sente.
È horrível, eu sei!
O mais importante é no outro dia estar pronta pra outra porrada..

Mas sei que é foda!

MELISSA S disse...

Amiga, quer um conselho? Aceita o SN pagar a sua viagem. Sabe pq? Faz bem pra gente aprender a aceitar a ajuda de quem gosta da gente. Vc precisava da ajuda do se ex e ele não te dava. Agora vc precisa da ajuda do SN, ele quer te dar e vc não aceita. Não se constranja pq uma mão lava a outra, a vida é assim. Quanto à todo o resto, tem fases que são ruins mesmo. E infelizmente a gente tem q ter uma puta paciência pra ter estratégia e melhorar as coisas. A sua mãe tem razão. Vc precisa investir em estudo. Eu sei que é difícil, eu imagino que o tempo deva ser curto, mas não tem outro jeito. E não tendo outro jeito, vc não poderá escapar. A vida é feita de escolhas e é mais dura do que gostaríamos às vezes. Mas o sacrifício geralmente compensa. Faça a sua parte e ESQUEÇA que seu ex existe. Não fique querendo antecipar a falta que ele fará pra sua filha pq eu tb não tive um pai presente e não fikei traumatizada por causa disso. São coisas que não há como prever... Beijos

o casalqseama* disse...

minha linda,
todo mundo já falou tudo que vc precisa ouvir... mas vou cuspir um pouco:

não diga que não há perspectiva, queres incentivo maior que tua filha? não fique pensando no pai relapso e ausente dela, pois quanto mais nossos pensamentos se voltam para o ruim, menos as boas energias chegam a nós!

desabafe mesmo, chore, mas tenha certeza de que o amanhã será muito melhor. as privações são ruins, sei disso, mas batalhe para melhorar, não entregue os pontos.

aqui é diferente, o pai dá tudo para as crianças, a merda é que a ex se aproveita disso, não trabalha, mora na zona sul, vive de madame, tem todas as contas pagas pelo pai babaca... até que ela aprontou no último fds e isso foi a gota que precisava para transbordar... eu pirei e agora vai ser tudo resolvido na justiça, ela que vá dar um jeito para viver agora, pois a obrigação dele é com as crianças, não com uma vagabunda, que ainda coloca o namorado para morar com ela, às custas do pai das crianças.

entregue nas mãos de Deus! passe uma borracha no pai dela e faça o melhor, pois, mesmo com dificuldades, vcs não precisam dele, vc é mais!

toda sorte.
paz e bênção do papai do céu pra vcs!


qualquer coisa:
casalqseama@hotmail.com

bjs da fê =D

Loira e Morena disse...

É bom desabafar as vezes, né!!!!
Da uma sensaçãod e alívio depois...espero q vc esteja um pouco melhor!!
E qut aos problemas, ah eles existem e aos montes...cabe a nós escolher em focar neles, deprimir por causa deles ou seguir em frente, lutar e ser feliz...e vc escolheu a segunda opção...
Entao querida abrace sua filha, de um beijo gostoso no seu SN..pelo menso vc tem pessoas queridas ao seu redor, q querem seu bem, sua felicidade!!!
E se o SN quiser pagar a viagem, pq nao aceitar?..vai ser bom p vc, para ele tbm!!..Vcs vao conseguir sair um pouco dos problemas e se curtir mais, outro clima....ai quem sabe em outra situação que vc esteja melhro vc retribua para ele esse prsentinho!!!
Vc é guerreira, mulher!!!!
Cria sua filha sozinha, aguenta esse ex..e esta ai firme..e vai continuar forte..pq vc é uma mulher forte!!!

Beijocas da Loira

Sentimental ♥ disse...

Ei, tá melhor?
Espero q tudo se resolva, precisando é só gritar...
beijos

minicontosperversos disse...

Já dissemos: PÕE O CARA NO PAU!

Tatiana Brandão disse...

Moça, bola pra frente, é dificil pra cacete essa vida, também passo por poucas e boas financeiramente. Mas pense positivamente, pelo menos vc se livrou do peste, tem um filha saudavél, tá empregada e aida consegue se virar nos 30. bjus carinhos e desejando boa sorte.

Ps. Posso te linkar???